• Amo Orquideas

  • domingo, 1 de setembro de 2013

    Ludisia Discolor agosto de 2013


    “Deus é amor”

    4) Considere o que motivou Jeová a criar o Universo e as criaturas espirituais e humanas inteligentes. Foi a sua sabedoria, ou o seu poder? Não, pois embora Deus os usasse, não eram as forças motivadoras. E a sua justiça não exigia que ele partilhasse a dádiva da vida. Em vez disso, o grande amor de Deus levou-o a partilhar com outros as alegrias da existência inteligente. Motivado por amor, queria que os humanos obedientes vivessem para sempre no Paraíso. (Gênesis 1:28; 2:15) O amor fez com que ele providenciasse a suspensão da condenação da humanidade, causada pela transgressão de Adão.

    5) Portanto, a mais notável das qualidades de Deus é o amor. É a Sua essência, ou natureza. Importantes como sejam sua sabedoria, justiça e poder, a Bíblia nunca diz que Jeová é uma destas qualidades. Mas realmente diz que ele é amor. Sim, Jeová é a personificação do amor. É amor guiado por princípios, não por emoções. O amor de Deus é governado pelos princípios da verdade e da justiça. É a mais elevada forma de amor, conforme exemplificado no próprio Jeová. Tal amor expressa altruísmo total, sempre acompanhado de evidência tangível de ação.

    6) É essa qualidade maravilhosa do amor que nos torna possível imitar um Deus assim. Na condição inferior de humanos imperfeitos, propensos ao erro, talvez pensemos que jamais faríamos isso com êxito. Mas há ainda outro exemplo do grande amor de Jeová: ele reconhece as nossas limitações e não exige perfeição de nós. Ele sabe que estamos por enquanto longe da perfeição. (Salmo 51:5) É por isso que o Salmo 130:3, 4 diz: “Se vigiasses os erros, ó Jah, ó Jeová, quem poderia ficar de pé? Pois contigo há o verdadeiro perdão.” Sim, Jeová é um “Deus misericordioso e clemente, vagaroso em irar-se e abundante em benevolência”. (Êxodo 34:6) “Tu, ó Jeová, és bom e estás pronto a perdoar.” (Salmo 86:5) Que consolador! Como é reanimador servir a esse Deus maravilhoso e sentir seus amorosos e misericordiosos cuidados!

    7) As obras criativas de Jeová também revelam o seu amor. Pense nas muitas coisas boas que Jeová nos deu para o nosso prazer, tais como belas montanhas, florestas, lagos e oceanos. Ele nos deu uma espantosa variedade de alimentos, para agradar ao nosso paladar e nos sustentar. Além disso, Jeová criou uma enorme variedade de belas e perfumadas flores, bem como o fascinante reino animal. Ele fez coisas que dariam prazer aos seres humanos, embora não fosse obrigado a fazer isso. É verdade que na nossa condição imperfeita, neste mundo perverso, não podemos desfrutar plenamente das criações de Deus. (Romanos 8:22) Mas imagine o que Jeová fará por nós no Paraíso! O salmista garante: “Abres a tua mão e satisfazes o desejo [correto] de toda coisa vivente.” — Salmo 145:16.

    8) Qual é o maior exemplo do amor de Jeová pela humanidade? A Bíblia explica: “Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna.” (João 3:16) Foi por causa da bondade humana que Jeová fez isso? Romanos 5:8 responde: “Deus recomenda a nós o seu próprio amor, por Cristo ter morrido por nós enquanto éramos ainda pecadores.” Sim, Deus enviou seu Filho perfeito à Terra para dar a sua vida como sacrifício resgatador, para nos livrar da condenação ao pecado e à morte. (Mateus 20:28) Isso abriu o caminho para que pessoas que amam a Deus ganhem a vida eterna. Felizmente, Deus ama a todos os que querem fazer a Sua vontade, pois a Bíblia diz: “Deus não é parcial, mas, em cada nação, o homem que o teme e que faz a justiça lhe é aceitável.” — Atos 10:34, 35.

    9) Como deve influir na nossa vida o fato de Jeová ter dado seu Filho como resgate por nós, abrindo o caminho para a vida eterna? Deve aprofundar o nosso amor pelo Deus verdadeiro, Jeová. Ao mesmo tempo, deve nos fazer querer escutar a Jesus, que representa a Deus. “[Jesus] morreu por todos, para que os que vivem não vivessem mais para si mesmos, mas para aquele que morreu por eles.” (2 Coríntios 5:15) Que prazer é seguir as pisadas de Jesus, pois ele foi exemplar em imitar o amor e a compaixão de Jeová! Percebe-se isso nas suas palavras aos humildes: “Vinde a mim, todos os que estais labutando e que estais sobrecarregados, e eu vos reanimarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, pois sou de temperamento brando e humilde de coração, e achareis revigoramento para as vossas almas. Pois o meu jugo é benévolo e minha carga é leve.” — Mateus 11:28-30.


    Trecho do Livro Adore a Deus das Testemunhas de Jeová
    Cap 2 Magnifique a Jeová como o único Deus verdade...
    Subtópico "Deus é Amor"


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário